Pular para o conteúdo
(11) 3562-0010 / 5093-6456
(11) 93314-1190


Neste mês de Fevereiro Roxo, onde a conscientização sobre a prevenção de
doenças neurológicas em animais idosos é destacada e é essencial
compreendermos a importância de cuidar dos nossos companheiros de quatro
patas na sua terceira idade.

Assim como nós, humanos, os pets também enfrentam desafios de saúde
específicos à medida que envelhecem, e a neurologia veterinária desempenha um
papel vital em garantir o seu bem-estar. Muitos comportamentos como dormir
muito podem estar associados a dor e doenças osteoarticulares assim como a
diminuição da visão ou audição podem fazer com que não respondem a
comandos ou estímulos e fiquem mais intolerantes e inseguros.
Paralelo da idade entre cão, gato e humano


Senescência e doenças neurodegenerativas em animais idosos

A senescência é o envelhecimento natural, um processo fisiológico com
transformações orgânicas, morfológicas e funcionais que ocorrem com o passar
dos anos sem estar associado a alterações biológicas ou psicológicas. Por outro
lado, algumas doenças neurodegenerativas que afetam os humanos também
podem ocorrer com nossos amigos peludos.

A disfunção cognitiva de senilidade canina, é uma condição semelhante à
demência em humanos e que afeta a função cognitiva do cérebro dos pets mais
velhos e pode ser resumida pelo acrônimo DISHA que incluem alterações como
desorientação, interação alterada com pessoas ou outros animais, sono/vigília
com ciclos alterados, higiene e eliminação das fezes e urina em locais
inadequados e atividades e aprendizados diminuídos.

Principais sintomas comuns de doenças neurodegenerativas

*Alterações na rotina de sono;
*Mudanças bruscas no comportamento do animal;
*Ansiedade e/ou inquietação;
*Desorientação;
*Não reconhecer pessoas familiares;
*Vocalização excessiva, especialmente à noite;
*Esquecer comandos e treinamentos que seguiu a vida toda;
*Fazer as necessidades em locais inadequados;
*Aparição de novos medos e fobias;
*Intolerância a brincadeiras e atividades em geral.

Cuidados especiais para os pets idosos

Proporcionar um ambiente confortável, evitando piso liso, uma alimentação
adequada com dietas mais palatáveis, não dar comida na boca, mas estimular a
pesquisa por petiscos escondidos pelo ambiente, leva-los para passear são
técnicas de enriquecimento ambiental que podem ser facilmente implementadas
e que vão ajudar a torná-los mais ativos e cognitivos.

Esses são passos fundamentais para garantir o bem-estar dos nossos amigos de
quatro patas na terceira idade, além de um acompanhamento periódico pelo
veterinário das suas funções orgânicas. No final, são formas de demonstrar amor
e cuidado e que fazem a nossa alegria.

Neurologia Veterinária na VetUnity

Na VetUnity, entendemos a complexidade das condições neurológicas e a
preocupação dos tutores com seus animais. Contamos com uma equipe com mais
de 25 anos de experiência na área de Neurologia Veterinária, pronta para
oferecer um diagnóstico preciso, tratamento adequado e apoio contínuo aos
tutores e seus pets idosos, proporcionando uma melhor qualidade de vida para
todos.

Agende uma consulta com a equipe de Neurologia Veterinária da VetUnity e
venha nos visitar!

☎ (11) 3562-0010 / 5093-6456
📞(11) 93314-1190
🏠R. Conde de Porto Alegre, 1761 – Campo Belo – SP.

Gostou?
Leia mais conteúdos em nosso blog.